Anápolis (GO) tem sessão de livros em Braille em centro de diversidade

HomeBrasil

Anápolis (GO) tem sessão de livros em Braille em centro de diversidade

Goiânia – Por meio do Centro Municipal de Atendimento à Diversidade (Cemad), o município de Anápolis, a cerca de 55 km da capital goiana, busca tornar a educação cada vez mais inclusiva. A novidade é que agora o local conta com a sessão de livros em Braille, provenientes da Biblioteca Municipal Zeca Batista, que compõem o repertório de materiais didático-pedagógicos que são trabalhados com os alunos.

De acordo com a gestão municipal, a educação inclusiva é uma das prioridades da administração e vem ganhando atenção ainda maior com a implementação e execução de políticas públicas e projetos voltados para o tema.

Para Valdileya Prado, coordenadora do Cemad, o local e toda a comunidade só têm a ganhar com essa nova aquisição. “Com esse material que recebemos, temos a oportunidade de trabalharmos diariamente com nossos estudantes cegos e com baixa visão, através de livros que vieram para contribuir e enriquecer nossas aulas proporcionando a eles uma melhora na qualidade de ensino”, conta.

A Secretaria Municipal de Educação, por meio do Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cefope), tem ministrado diversos cursos, oficinas e workshops na área da inclusão. Durante o ano de 2024, todos os professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE) estão participando da formação Análise do Comportamento Aplicada, que envolve a avaliação, o planejamento e a orientação do comportamento dos estudantes que possuem alguma deficiência, especialmente o Transtorno do Espectro Autista (TEA). Anápolis é uma das únicas cidades do País a adquirir o curso completo, que oferta gratuitamente aos servidores.

E, em breve, esse atendimento inclusivo vai ser ainda mais abrangente com a entrega da Clínica Escola do Autista, um projeto pioneiro que oferecerá o atendimento especializado e acesso a educação, igualdade de oportunidades e proteção social.

A clínica vai atender cerca de 400 estudantes por dia, em consultórios equipados e equipes multidisciplinares de profissionais habilitados para oferecer uma variedade de serviços médicos, psicológicos, fonoaudiológicos, nutricionais, psicopedagógicos, pedagógicos, orientação e outros.

Além disso, o espaço contará com comodidades como pátio coberto, estacionamento acessível, sanitários infantis e adaptados, refeitório, auditório, salas de acompanhamento pedagógico, sala de atendimento, administração educacional e ambientes de higienização.

Com informações da Prefeitura de Anápolis

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS