HomeSalvador

Bienal do Livro terá mais de 100 horas de conteúdo para todos os públicos

Foto: Igor Santos/Secom PMS

A Bienal do Livro Bahia retorna entre os próximos dias 26 de abril a 1º de maio, no Centro de Convenções de Salvador, na Boca do Rio, reunindo 170 convidados do mercado editorial. O evento, correalizado pela Prefeitura, terá como tema nesta edição “As Histórias que a Bahia Conta”.

Personalidades e artistas estarão presentes na ocasião, produzindo mais de 100 horas de conteúdo para todos os públicos, em três diferentes espaços da programação cultural oficial: Café Literário, Arena Jovem e Espaço Infantil. Na edição anterior, realizada em 2022, o evento alcançou a marca de 90 mil visitantes, sendo 20 mil pessoas em um único dia.

Entre os convidados estão autores internacionais, como o iraniano-americano Abdi Nazemian, autor dos livros “Tipo uma história de amor” e “O legado de Chandler”, e Scholastique Mukasonga, sobrevivente dos massacres de Ruanda ocorridos na década de 1990 e autora de “Nossa Senhora do Nilo” e “A Mulher de Pés Descalços”. Alguns dos principais expoentes da literatura brasileira contemporânea também fazem parte da programação, dentre eles estão Itamar Vieira Jr., Pedro Rhuas, Paula Pimenta, Socorro Acioli e Thalita Rebouças; além de celebridades como Daniela Mercury, Bruna Lombardi e Zélia Duncan. 

Os ingressos para o evento já podem ser adquiridos no site oficial do evento (https://bienaldolivrobahia.com.br/). A entrada custa R$30 (inteira) e R$15 (meia). Durante os dias da Bienal haverá também bilheteria física no próprio espaço do evento.

A diretora Tatiana Zaccaro, da GL Events Exhibitions, empresa que administra o Centro de Convenções, afirma que a Bienal do Livro Bahia se consagra como um espaço de celebração da representatividade. “Isso faz com que a Bienal Bahia seja um evento de grande importância para o fomento da cultura de um estado que é tão importante para o Brasil, assim como uma oportunidade para aproximar os leitores do universo dos livros. Ela nos apresentará uma programação bastante diversa, rica, plural e propositiva de novas ideias, como é a própria Bahia. É um evento com identidade e personalidade próprias, que cresce cada vez mais”, detalhou.

Mais de 200 marcas expositoras já estão confirmadas, inclusive as quatro principais editoras do país: Companhia das Letras, HarperCollins Brasil, Rocco e Globo Livros, que levarão para os estandes seus principais títulos, lançamentos e ações especialmente pensadas para o público baiano.

Participação da FGM – Nesta edição, o projeto Caminhos da Leitura, da Fundação Gregório de Mattos (FGM), também retorna à Bienal. A programação da FGM, por meio do projeto, é dedicada ao público infantil e terá contação de histórias, apresentações e diversas atividades.

No primeiro dia (26/4), às 12h30, o projeto apresenta Boca de Cena – História de Raíz, com contações de histórias tradicionais. No dia seguinte (27/4), às 12h, é a vez contação do livro Poesia para Bebês, de Denise Bela. Já no domingo (28/4), às 12h, o projeto apresenta o espetáculo Eu vim da Bahia Mirim, do Grupo Currupio.

Na segunda-feira (29/4), às 16h30, o Caminhos da Leitura traz para o público Mini Recital Maria Felipa | Bonde da Calu. Na terça-feira (30/4), às 13h, será apresentado “As Aventuras e travessuras no 2 de Julho”, com o Palhaço Tizu. Para encerrar a Bienal de 2024, no dia 1º de maio, às 13h, a FGM apresenta o Biblioterapia. 

COMMENTS