FAB resgata piloto desaparecido em Santa Catarina. Vídeo

HomeBrasil

FAB resgata piloto desaparecido em Santa Catarina. Vídeo

A Força Aérea Brasileira (FAB) resgatou, na tarde desta quinta-feira (4/4), com vida, o piloto, de 60 anos, da aeronave desaparecida após decolar, na noite dessa quarta-feira (3/4), do Aeroclube de Santa Catarina, em São José, com destino ao aeródromo de Videira.

O piloto foi encaminhado para o aeroporto de Florianópolis, capital de Santa Catarina, e encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Celso Ramos. O avião foi localizado na área rural de Ponte Alta do Norte.

Segundo o tenente aviador Vitor Lucas de Mello, comandante do helicóptero H-60 Black Hawk utilizado no resgate, o piloto, aparentemente, estava apenas com o pé quebrado e pediu aos militares que informassem à família dele que ele estava vivo.

“Tivemos a grata satisfação de ser recebido com um aceno de mão do piloto, e quando percebemos que estava com vida, a tripulação ficou extremamente feliz, motivada ainda mais para cumprir a missão. A gente treina para isso! Conseguimos resgatá-lo com a maca, aparentemente ele estava com o pé quebrado, segundo os nossos homens de resgate. Consciente, ele conversou com o pessoal, falou que tinha uma filha e pediu para informarmos à família que ele estava com vida”, relatou o tenente aviador Mello.

Confira o momento do resgate:

Para auxiliar nas buscas, a FAB também acionou a aeronave SC-105 Amazonas, que saiu de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, na madrugada desta quinta com destino a Ponte Alta do Norte, com uma tripulação composta por 25 militares.

“Ver um outro piloto sendo resgatado é como se a gente estivesse na posição dele, pensando como é essa emoção de poder rever a família depois de um acidente como esse”, afirmou o piloto da aeronave C-105 Amazonas, tenente aviador Anderson de Oliveira Kosloski.

O Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), ficará responsável por investigar as causas da queda da aeronave.

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS