Moraes não disse que planeja ‘corroer a democracia por dentro’, ao contrário do que afirma post – 18/04/2024 – Poder

HomePolitica

Moraes não disse que planeja ‘corroer a democracia por dentro’, ao contrário do que afirma post – 18/04/2024 – Poder

Uma publicação que circula no X engana ao sugerir que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes planeja “corroer a democracia por dentro”. O post utiliza um recorte de vídeo de 30 segundos de uma declaração em que o magistrado exemplifica discursos extremistas para afirmar que essa é a forma como ele e “comunistas das trevas” estão agindo “por trás das cortinas”.

Apesar de o trecho ter viralizado recentemente, a fala do também presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ocorreu em 26 de fevereiro deste ano, durante a palestra “Democracia e o STF”, na Semana de Recepção às Calouras e aos Calouros da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, onde ele é professor associado. Como verificado pelo Comprova, o magistrado falou, na ocasião, sobre como é possível corroer uma democracia, mas a declaração foi tirada do contexto, uma vez que ele explicava aos universitários como grupos políticos utilizam as mídias digitais para incutir a ideia de que o sistema democrático está enfraquecido.

“Não demorou muito para uma extrema direita, uns extremistas perceberem que as redes sociais eram um caminho para atingir o poder sem precisar passar pelo voto ou atingir o poder pelo voto e nunca mais largar esse poder. Passou a haver um desvirtuamento e uma instrumentalização errônea das redes sociais com método”, disse Moraes. “Começa com uma linha de mensagens correta, explicando as coisas, cativando aquele eleitor e depois as famosas fake news. É uma verdadeira lavagem cerebral que é realizada, isso com método de ataque à democracia”, continuou o ministro, que, em seguida, apontou o modo como esses grupos agem.

“Como corroer a democracia por dentro? Sem um discurso tradicional de golpe, de acabar com a democracia. Vamos dizer que a democracia está falida, está desvirtuada, não representa mais os anseios populares e nós, salvadores da pátria, vamos precisar substituir”. A íntegra do discurso de Moraes pode ser assistida no canal da faculdade no YouTube.

Na época em que a declaração foi feita, a GloboNews repercutiu a mesma fala do ministro em suas redes sociais, dentro do contexto real, de defesa da democracia e regulamentação das redes sociais. Em nota ao Comprova, o STF confirmou que a declaração de Moraes foi retirada de contexto.

O autor da publicação enganosa foi procurado, mas não respondeu.

Enganoso, para o Comprova, é o conteúdo retirado do contexto original e usado em outro de modo que seu significado sofra alterações; que usa dados imprecisos ou que induz a uma interpretação diferente da intenção de seu autor; conteúdo que confunde, com ou sem a intenção deliberada de causar dano.

Por que investigamos

O Comprova monitora conteúdos suspeitos publicados em redes sociais e aplicativos de mensagem sobre políticas públicas, saúde, mudanças climáticas e eleições no âmbito federal e abre investigações para aquelas publicações que obtiveram maior alcance e engajamento. Você também pode sugerir verificações pelo WhatsApp +55 11 97045-4984. Sugestões e dúvidas relacionadas a conteúdos duvidosos também podem ser enviadas para a Folha pelo WhatsApp 11 99486-0293.

Leia a verificação completa no site do Comprova.

A investigação desse conteúdo foi feita por Tribuna do Norte, O Dia e Correio e publicada em 16 de abril pelo Comprova, coalizão que reúne 42 veículos na checagem de conteúdos virais. Foi verificada por Folha, piauí, BandNews FM, SBT, SBT News e Estadão.

Fonte: Agência Brasil

COMMENTS