Vendas do varejo caem 5% na Páscoa, mostra índice da Cielo

HomeÚltimas Notícias

Vendas do varejo caem 5% na Páscoa, mostra índice da Cielo

As vendas de Páscoa caíram 5% neste ano em comparação a 2023, apontou o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) divulgado nesta segunda-feira (1º).

Segundo levantamento, a comemoração da data no fim do ano pode ter contribuído para o recuo. A análise compara as vendas realizadas entre os dias 25 e 31 de março de 2024 com os dias 3 a 9 de abril do ano passado.

A exceção foi o segmento de chocolates, que registrou avanço de 3,8% no período. Os estabelecimentos localizados em shoppings tiveram alta de 4,0% no faturamento, enquanto as chocolaterias de rua cresceram 3,7%.

Por outro lado, o setor de supermercados e hipermercados recuaram 3,9%.

“No ano passado, a Páscoa caiu no início do mês, período em que o comércio está mais aquecido por causa dos depósitos dos salários”, afirma Carlos Alves, vice-presidente de Tecnologia e Negócios da Cielo.

O movimento negativo foi observado em todo o Brasil. Segundo o ICVA, a região Centro-Oeste teve o pior desempenho, com recuo de 8,5%, enquanto o Nordeste registrou a queda menos acentuada, de 3,5%.

Em relação aos estados, as maiores retrações foram no Paraná (-8,8%) e em Goiás (-8,5%). As menores foram no Ceará (-2,1%) e Rio de Janeiro (-2,5%). Nenhum estado teve alta no faturamento em relação a 2023.

Um cenário mais desafiador para este ano foi indicado por medidas tomadas pelos varejistas para incentivar os consumidores, incluindo que a compra de chocolates, azeite, bacalhau e outros alimentos tradicionais do festejo fossem divididos no cartão de crédito e sem juros, com prazos de até 10 vezes.

No mercado, esses produtos estavam 41% mais caros, segundo levantamento da empresa de dados para varejo e indústria Scanntech.

*Sob supervisão de Gabriel Bosa

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS