HomeSalvador

Programa Vida Nova promove cursos de qualificação profissional para assistidos da Sempre

Foto: Lucas Moura/Secom PMS

Alunos do curso de Panificação do projeto Vida Nova Cursos de Qualificação, realizado pela Prefeitura de Salvador em parceria com o Senac Bahia, já estão colocando a mão na massa e produzindo os primeiros pães. As aulas das turmas dos turnos matutino e vespertino começaram na última segunda-feira (15), no Restaurante Popular de Pau da Lima, e seguem até o próximo dia 26.

O projeto é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) e vai contar também com turmas de Preparo de Acarajé e Abará (com início a partir de 29 de abril), Comida de Boteco (dia 6 de maio), Acarajé (dia 13 de maio), Cozinha Básica (20 de maio) e Auxiliar de Cozinha (com início em setembro).

A estratégia tem o objetivo de incentivar o empreendedorismo e a geração de trabalho, emprego e renda para as famílias assistidas pelos equipamentos socioassistenciais, a exemplo dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Unidades de Acolhimento Institucional (UAI) e Centros Especializados em População de Rua (Centros Pop). Os alunos são indicados por essas unidades e serviços para darem início ao curso.

O titular da Sempre, Júnior Magalhães, ressaltou que o maior objetivo é oferecer às pessoas o acesso ao conhecimento e capacitação para que, assim, possam gerar renda e adquirir autonomia para superar as condições de pobreza e extrema pobreza. “Por isso mesmo, fizemos questão de incluir a entrega de kits, ao final do curso, para iniciar as atividades. Fico muito satisfeito em saber que os alunos das primeiras turmas já começaram a trabalhar, e estão se desenvolvendo. Isso mostra o quanto o trabalho está sendo positivo e assertivo”.

A representante do Senac, Taís Sampaio, relatou que a intenção é que os alunos sejam capacitados e possam empreender e ter uma renda, passando assim por uma transformação de vida. “Temos turmas de panificação, turmas de acarajé e abará, comida de boteco, bombons e trufas, então uma vasta gama de conhecimento da gastronomia para que cada pessoa possa avaliar e identificar o que gosta mais, e aprender tanto a teoria como a prática”.

Receita do sucesso – O professor Vinícius Soares contou que os alunos estão aprendendo sobre os ingredientes que compõem a massa, sobre a técnica da sova e de modelagem, além de aprender também a assar, decorar e apresentar para o cliente final. “A gente também fala sobre empreendedorismo, sobre agregação de valor ao produto, ficha técnica e sobre precificação, pois eles também precisam aprender a vender e a divulgar os produtos”, disse.

Para ele, que já tem experiência na área, a possibilidade de crescimento é imensa. “Aqui a gente não ensina só receita, a gente trabalha com técnica, então não vai ficar enviesado apenas no que aprendeu nas aulas. No momento em que eles aprendem uma receita-base, eles podem fazer uma miríade de produções dentro da casa deles, com as condições que eles têm, entendendo que investir em capital pessoal e investir em si mesmo é a melhor possibilidade de crescimento”, opinou.

“Aos poucos, com o resultado do trabalho deles, eles vão investindo em equipamento, no espaço e podem até formar parceria com os colegas, crescendo juntos, movimentando assim a economia da localidade, a economia da família e melhorando de vida”, acrescentou.

Cristiane Dias, de 42 anos, já começou a empreender com o aprendizado de outro curso da edição anterior do projeto e agora está fazendo o de panificação para ampliar o leque de produtos que oferece. “Eu já estou empreendendo com trufas e bolos de pote e agora estou ganhando esse aprendizado em panificação para trabalhar também nessa área. Além disso, pretendo passar esse aprendizado para outras pessoas”.

Durante as aulas nesta quinta-feira (18), ela fez questão de agradecer pela iniciativa. “A oportunidade que estão nos dando com esse curso é maravilhosa, porque há um tempo atrás eu nunca achei essa oportunidade, então para mim está sendo uma grande experiência e um grande carinho que eu vou levar para a vida toda. O professor é nota 10, a equipe da Prefeitura, o acolhimento que a gente tem aqui no restaurante Popular de Pau da Lima e a coordenação são maravilhosas. Inclusive, eu comecei o curso através do restaurante. Eu vou até o fim e vai ser muito bonito no final”, disse.

A professora aposentada Sandra Verônica Gama revelou que já começou a colocar em prática o aprendizado. “Eu fiz hoje em casa um pão que o professor ensinou e distribuí as imagens para algumas pessoas pelo WhatsApp. A partir dessa divulgação, várias delas disseram que vão querer, porque ficou numa aparência muito boa. Então, eu acho que é uma oportunidade para a gente se sentir feliz e comercializar alguma coisa que realmente vale a pena. Além disso, o professor é excelente. Eu estou extasiada com o quanto ele sabe passar conhecimento e lidar com os alunos. Ele realmente sabe o que está fazendo”.

Edição anterior – Na primeira edição, em 2023, foram disponibilizados 25 cursos, distribuídos em 1.321 vagas em áreas como Desenvolvedor de Aplicativos Móveis, Pedreiro Polivalente, Mecânico de Refrigeração e Climatização Residencial, Pizzaiolo, Produção de Sorvetes e Picolés, Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, Mantenedor de Tablets e Smartphones e Padeiro Confeiteiro, entre outros.

Reportagem: Joice Pinho e Priscila Machado/Secom PMS

COMMENTS